Virada de ano na África!

Não conseguimos dormir até muito tarde. O calor começou cedo e o sol já aparecia às 5 da manhã.

Arrumamos as coisas e partimos para Sossusvlei. Após uma hora de carro admirando paisagens fantásticas e animais como springboks, suricatos, macacos, chacais e muitos pássaros, chegamos ao local onde era o nosso limite em um carro de passeio. Dali em diante, só de 4×4. Pagamos o “shuttle” e seguimos para conhecer o coração do deserto da Namíbia. Deadvlei impressionou. Dunas bordeando lagoas secas e árvores mortas. O cenário me lembrou alguns episódios do desenho “A Caverna do Dragão”. Caminhamos por horas, com paradas para beber água, tirar fotos e conversar com alguns outros andarilhos. De lá, Sossusvlei em si, um grande oásis no meio do deserto e uma família de avestruzes nos fez companhia. O dia foi realmente cheio e voltamos bem cansados para o Camping.

À tarde, saímos em direção à costa da Namíbia, Após várias horas de estrada (três delas sem cruzar sequer um carro), chegamos a Wavis Bay. Já era noite e a busca por acomodação foi difícil. Na terceira tentativa, surgiu um daqueles anjos da guarda que aparecem por aí: Victor. A pousada dele já estava cheia (assim como quase todo o resto da cidade), pois era véspera de ano novo, mas ele se prontificou a nos ajudar. Simpatizante dos brasileiros, entre um papo e outro e uma xícara de café, ele telefonava para a cidade toda. A família já estava toda mobilizada para nos ajudar quando ele finalmente conseguiu um lugar para passarmos a noite.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fomos apresentados à Muriel, uma simpática e falante senhora casada com Trevor, um senhor sisudo e de bom coração. Conhecemos também suas filhas e pouco depois já estávamos convidados para passar a virada de ano com eles, na praia.

No dia seguinte passeamos pela cidade e esperamos a chegada do réveillon. Foi difícil, mas conseguimos falar com o Brasil. De lá, partimos pra a praia, onde o camping seria armado. A festa foi completa, com direito a churrasco, bebidas e fogos. Nos sentimos bem a vontade e 2012 chegou de uma maneira bem diferente e legal! Após uma soneca no carro, voltamos para a pousada e o primeiro dia de 2012 acabou sendo de aventura!

Em Swakopmound, cidade vizinha a Wavis Bay, que tem uma cara muito alemã, alugamos quadriciclos e fomos para as dunas nos divertir. Foi sem dúvida uma experiência diferente e voltamos satisfeitos!

No dia seguinte nos despedimos da família, trocamos contatos e seguimos viagem. Conhecemos melhor o litoral, aproveitamos a praia e de lá seguimos de volta a Windhoek!

Daqui, Aninha volta para o Brasil e eu sigo na meu mochilão, de ônibus, para a África do Sul. Em breve todas informações sobre essa viagem que foi bem longa!

Até breve e sigam me acompanhando por aqui, no facebook e no twitter!

Anúncios

~ por Daniel Thompson, o Mochileiro das Maravilhas em 8 janeiro 2012.

5 Respostas to “Virada de ano na África!”

  1. Amei o texto, a descrição da viagem (quanta aventura!), as fotos, tudo! Deu para matar um pouco a saudade…
    O importante é continuar, continuar, trilhando sempre novos caminhos, realizando sonhos e objetivos, e com Deus protegendo você por todos os lugares por onde estiver…
    Beijos e carinho. Feliz 2012!!!!

  2. Meu caro Daniel . Que beleza de texto e que beleza de fotos ! Continue a nos revelar mais segredos dessa África maravilhosa e ainda desconhecida pela maioria dos brasileiros . Estive por aí cinco vezes há décadas . E a serviço do Estadão , onde trabalhava com sua tia Cecilia . Mas nunca tive a oportunidade de dedicar muito tempo aos passeios . Tinha uma agenda de trabalho a cumprir . Namibia eu não conheci . Mas a Africa do Sul e especialmente o Marrocos , eu percorri bastante . Abraços e parabéns pela sua grande e maravilhosa aventura . Transforme tudo isso num livro e você estará prestando um grande favor aos brasileiros . Sucesso !!!

  3. Daniel , espero que meu comentário o tenha agradado . Waldo Claro

  4. Meu caro Daniel . Que beleza de texto e que beleza de fotos .Continue a nos revelar mais segredos dessa Africa maravilhosa e ainda tão desconhecida dos brasileiros . Estive por aí várias vezes , em décadas passadas . E a serviço do Estadão , onde trabalhava com sua tia Cecilia .Mas nunca tive a oportunidade de dedicar muito tempo aos passeios . Tinha sempre uma agenda de trabalho a cumprir . A Namibia não conheci . Mas a Africa do Sul e especialmente o Marrocos eu percorri bastante . Abraços e parabéns pela sua grande e maravilhosa aventura . Transforme tudo isso num livro e você estará prestando um grande favor aos brasileiros . Sucesso !!!

    • Obrigado pela mensagem, Waldo! Acabei de me conectar e aprovar seu comentário no blog! O livro da primeira viagem para as Maravilhas Modernas está “no forno”. Falta conseguir uma editora. Espero que esta segunda aventura também se torne um livro!
      Grande Abraço,
      Daniel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s