Etnoturismo na Amazônia

Se bem executada, a idéia pode ser muito boa: turistas visitam comunidades indígenas, contribuem com a renda local e ajudam na manutenção de tradições e costumes.

Em alguns lugares isso já acontece, mas não como deveria ser. Eu mesmo, quando fui à Amazônia em 2005, visitei uma tribo, dancei junto com a comunidade e pude ver de perto a cultura indígena brasileira, mas isso, em alguns lugares, parece forçado, sendo mais um teatro do que uma realidade. 

A idéia , mais estruturada, surgiu do estudante de turismo Gasodá Suruí que, através de estudos, começou a pesquisar maneiras sustentáveis de desenvolvimento social e ambiental e da Terra Indígena Sete de Setembro, em Rondônia.

Que essa idéia sirva de exemplo para outros locais, ajude a desenvolver o turismo e a conservar os verdadeiros descobridores do nosso país!

Quer saber mais? Clique aqui e veja!

Anúncios

~ por Daniel Thompson, o Mochileiro das Maravilhas em 23 maio 2010.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s